Forma de Atuação

Articulação Pautar o tema Consumo Responsável nos espaços de: Comércio Justo e Solidário, Economia Solidária, Segurança Alimentar e Nutriconal e Organizações; Contribuir para o fortalecimento dos espaços coletivos, democráticos, de construção desses movimentos e contribuir para a interação dos mesmos; Construir parcerias para o desenvolvimento de projetos. Intervenção Contribuir para a formação grupos de consumo e outras estratégias de comercialização de modo a aproximar produtores e consumidores / metodologias; Promover consumo institucional de acordo com princípios e critérios do Comércio Justo e Solidário; Fomentar a construção de Sistemas Participativos de Garantia e de logística solidária. Educação e Pesquisa Atuação na educação formal, não formal e informal nas áreas de: Consumo Responsável (CR), Comércio Justo e Solidário (CJS), Economia Solidária (ES), Alimentação (Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), Orgânicos (Org), etc) Serviços Cursos, oficinas, palestra; elaboração de metodologia; produção de material didático / outras publicações; desenvolvimento de pesquisas. Comunicação / Sistemas de comunicação Desenvolvimento e manutenção do portal virtual; Desenvolvimento de sistema de informação de produção, comercialização e consumo de São Paulo integrado a outros bancos de dados; Desenvolvimento de campanhas de mobilização, geração de alerta, promoção de conceito; Difundir sistema de informações existentes e aprimorá-los para São Paulo; Pautar o Consumo Responsável e hábitos sustentáveis na mídia.

Ações Realizadas

Dentro do escopo de ações do Instituto Kairós, apresentamos abaixo aquelas mais relevantes, em ordem cronológica, juntamente com a documentação de referência e resultados. a) Coordenação técnica do Projeto: “Construção de metodologia de inserção do tema Comércio Justo e Solidário nos processos de incubação de ITCP’s e incubadoras.” (2008) – Em parceria com Faces do Brasil e financiado pela NOVIB o Kairós participa da coordenação técnica do projeto de Construção de metodologia de inserção do tema comércio justo e solidário nos processos de incubação de ITCP’s e incubadoras. Envolvendo em 4 regiões, 6 estados as seguintes ITCP’s: SP (USP e FGV); RS e SC (Unilasalle, Unisinos, FURG, UFRGS, UCPEL e Univali), PE e PB (Incubacoop e Incubes) e AC ( Incubadoras Públicas e parceiros) b) Elaboração de apostilas e formação sobre Comércio Justo para formadores e para integrantes dos Empreendimentos de Economia Solidária: A elaboração das referidas apostila se deu no contexto do Planseq de Economia Solidária, nas formações coordenadas pela Unisol Brasil para a cadeia do algodão Orgânico da Justa Trama (2007).Da mesma forma, o Kairós também atuou com formador no curso de 40 horas sobre CJS, com base no material de formação elaborado, ministrado para cooperativas inseridas na Rede Justa Trama, sediadas em Santo André e Suzano. (jan/fev. 2008) c) Coordenação da identificação e caracterização de alguns casos de comercialização solidária existentes na região Sudeste integrando o Projeto “Sistema Nacional de Comércio Justo e Solidário”, desenvolvido pelo Faces e seus membros, em parceria com a Secretaria Nacional de Economia Solidária e Fundação Banco do Brasil.(2007) d) Coordenação do Levantamento de Experiências de Agricultura Urbana e Periurbana na Região Metropolitana de São Paulo (2006) sob a coordenação geral da Rede e IPS e recurso do Ministério do Desenvolvimento Social. Este levantamento, um dos 11 realizados em regiões metropolitanas brasileiras, serviu para caracterização de experiências de AUP no Brasil para dar subsídios a políticas públicas de apoio à mesma. e) Oficinas e palestras com o Manual Pedagógico “Entender para Intervir” – Oficina do Manual Entender para Intervir (40h): formação de 30 professores de escolas públicas municipais como editores da metodologia proposta junto as escolas do ensino fundamental do Município de Uberlândia-MG (junho de 2006) – Oficina do Manual Entender para Intervir (40h): 50 lideranças comunitárias, educadores populares e professores no Projeto de Desenvolvimento Local Sustentável coordenado pela ONG MOVIVE, em Vila Velha – ES (2007). A oficina teve entre outros resultados a formação da Rede Capixaba de Consumo Responsável que desde então tem tido uma forte atuação na região. Replicação da Oficina do Manual Entender para Intervir em Vila Velha realizada por multiplicadores. f) Participação na elaboração de materiais didáticos diversos: A equipe do Instituto Kairós participou da elaboração de materiais didáticos diversos tais como: * Realização de pesquisa de conteúdo para o livro: “Como cuidar do seu meio ambiente”, publicado pela Editora BEI em 2002. * Manual Pedagógico: “Paz, como se Faz” publicado em Abril/2002 pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro para o Projeto “Espaço Aberto – Escolas de Paz” – UNESCO e re-editado em 2003 pelo SIEEESP – Sindicato de Educação do Estado de São Paulo. * Cartilha “O Comércio Ético e Solidário no Brasil” publicada em novembro de 2004 pelo Faces do Brasil para distribuição gratuita em escolas e em empreendimentos da economia solidária. * Participação em diversas publicações com artigos sobre o tema: “Um diálogo inicial entre a educação para o consumo responsável e o comércio ético e solidário” e a “A Comercialização no Contexto do Comércio Ético e Solidário” (França, Cássio – org., Faces do Brasil, 2003 e 2004), e, “Um ensaio sobre a educação para o consumo responsável: reflexões, pedagogia e prática”, na publicação realizada pela CAEPS – Centro de Apoio à Economia Popular e Solidária. g) Manual Pedagógico: Entender para Intervir – Por uma Educação para o Consumo Responsável e Comércio Justo (2005) Como resultado da primeira etapa do processo de troca de metodologias educacionais entre o Instituto Kairós e a Fédération Artisans du Monde, no escopo do Convênio SUD-ABONG, apresentamos o “Manual Pedagógico Entender para Intervir”, construído coletivamente entre ambas as instituições, e, direcionado a escolas francesas e brasileiras do ensino médio para inserção transversal da temática do Consumo Responsável e Comércio Justo nas disciplinas curriculares. A citada publicação contou com apoio de: DEA – Diretoria de Educação Ambiental do MMA – Ministério do Meio Ambiente; COEA – Coordenadoria de Educação Ambiental do Ministério da Educação, SENAES – Secretaria Nacional de Economia Solidária do MTE – Ministério do Trabalho e Emprego, a Comissão Européia, a ABONG – Associação Brasileira de Ong’s e a Coordination SUD. h) Pesquisa Pública – Agenda 21 Nacional O Instituto Kairós realizou uma pesquisa de apoio à participação da sociedade brasileira na elaboração da Agenda 21 Brasileira que culminou no documento entregue ao Ministério do Meio Ambiente em novembro de 2001. A pesquisa enfocou a Estratégia 3 (Capítulo “Cidades Sustentáveis”) do Documento “Bases para a Discussão da Agenda 21 Nacional”, que trata do tema Consumo e Produção Sustentável, sendo que seus resultados podem ser conhecidos no site do instituto: www.institutokairos.net. i) I Seminário de Educação para o Consumo Responsável – Relações e Interações com o Comércio Justo e a Economia Solidária. Com o objetivo de proporcionar um espaço de diálogo e articulação entre a educação para o consumo responsável e as possibilidades concretas de exercício desta consciência no âmbito das experiências relacionadas ao estímulo e à consolidação de cadeias produtivas e comerciais éticas e solidárias, realizamos o citado seminário, em outubro de 2004, na USP – Universidade de São Paulo, com o apoio da SENAES – Secretaria Nacional de Economia Solidária (Ministério do Trabalho e Emprego), o Convênio franco-brasileiro entre a Coordinatión SUD e a ABONG, e, o LAPSI – Laboratório de Psicologia e Intervenção Socioambiental do Instituto de Psicologia da USP. O encontro, contou com a apresentação de mais de 20 palestrantes do Brasil inteiro, teve a presença de 120 participantes. j) Cursos: “Consumo responsável e Sociedade Contemporânea”, e “Educação Ambiental no ensino formal”. O Instituto Kairós realizou 5 edições do curso “Consumo Responsável e Sociedade Contemporânea”, sendo duas delas (2002 e 2003) em parceria com a Associação Palas Athena, e, as demais (2005) nas próprias instalações do Instituto, e, 2 edições do curso “Educação Ambiental no ensino formal”, sendo uma delas em parceria com a Fundação CSN – Companhia Siderúrgica Nacional (Volta Redonda-RJ – 2002) e a outra em parceria com a Secretaria de Educação do município de Paraty-RJ (2001). Na seqüência um breve descritivo de cada um deles em relação ao conteúdo programático e resultados obtidos: * O curso “Consumo Responsável e Sociedade Contemporânea”, com 30 horas de carga horária, tem como objetivo abordar as relações entre nossos hábitos de consumo e os problemas sociais e ambientais da sociedade contemporânea, a partir de reflexões e vivências sobre o tema Consumo Responsável, na sua interação com a vida de cada um de nós, bem como, na sua interação com o dia a dia do ensino formal frente às possibilidades pedagógicas deste tema. Resultados: as cinco edições do mesmo atenderam 210 pessoas, em cursos de aproximadamente dois meses de duração (30 horas no total). * O curso “Educação ambiental no ensino formal”, com 40 horas de carga horária, objetiva contextualizar o papel da educação ambiental no ensino formal na sua perspectiva de ferramenta de transformação social rumo a construção de sociedades sustentáveis. Nas suas 2 edições, foram atendidos aproximadamente 120 pessoas, dentre educadores e professores do ensino público. k) Projeto “Consumo Responsável, Qualidade de Vida e Reciclagem” Este projeto, contratado e subsidiado pela PROLATA/Sindicato das Indústrias de Estamparias em Metal do Estado de São Paulo, desenvolveu-se pelo período de agosto de 2000 a novembro de 2003, com o objetivo de capacitar professores do ensino público para aplicação pedagógica dos temas Consumo Responsável, Qualidade de Vida e Reciclagem de forma transversal no cotidiano escolar do ensino fundamental. Em 3 anos e meio de aplicação do projeto, foram realizadas 945 oficinas de 8 horas, envolvendo 876 escolas do ensino fundamental do Estado de São Paulo, aproximadamente 18.900 professores, coordenadores pedagógicos e diretores. Algumas oficinas (131 no total) eram realizadas em associações de bairro, empresas entre outras entidades que viessem a manifestar interesse pelos temas então abordados. O Instituto Kairós realizou uma série de palestras, cursos e oficinas relacionadas ao tema Educação Ambiental, Consumo Responsável (principalmente na sua vertente educacional), Qualidade de Vida, Ética e Responsabilidade Social. Seguem abaixo alguns dos eventos e entidades onde o Kairós esteve presente: • Palestra sobre Consumo Responsável e eu com isso? Em diversas unidades do SESC São Paulo, AAO para consumidores da feira, para funcionários do PROCON São Paulo. •Palestra e apoio na mesa redonda: “Os padrões de produção e consumo alimentar e o aquecimento global” nos Diálogos do Nosso tempo do Programa Escola da Cidadania, do Instituto Polis (agosto de 2008). •Oficina de Educação para o Consumo Responsável – Manual Entender para Intervir (15h):15 professores no SESC Itaquera e em setembro no SESC Interlagos (2008). • Palestra: evento interno do Sindicato dos Bancários (2008). • Palestra: aberta do projeto do Banco de Alimentos da SEMASA- Santo André (2007). •Palestra: “Consumo Responsável e a Preservação e o Respeito às Formas de Vida” na V Feira da Terra “Preservando e Respeitando as formas de vida”- Mesa Redonda: Rede Capixaba de Consumo Responsável”, Vila Velha- ES, out. de 2007. •Palestra: “Somos Todos Consumidores” no evento do Terra Madre Brasil/ Slow Food em Brasília, (out. 2007) •Palestra: “Consumo responsável e suas interações com o Comércio Justo e Solidário e com a Economia Solidária” para alunos de curso Técnico Ambiental da Unianchieta, Jundiaí-SP, (2007) • Oficina e palestra do: Manual Entender para Intervir sobre o tema da Educação para o Consumo Responsável no Congresso SABER de Educação e no SIEEESP (2006). • Oficina “O Consumo Responsável como estratégia de apoio à comercialização ética e solidária”, no II Encontro de Negócios Sustentáveis, Alagoas (novembro de 2005); • Mesa-redonda “O movimento organizado de consumidores e o Comércio Ético e Solidário”, na II Expo Dlis. Fortaleza-CE (outubro de 2005); •Palestra “Aspectos éticos, étnicos, sociais e econômicos do comércio e consumo solidários”, na II FERAPI – Feira de Produtos da Reforma Agrária e Comunidades Quilombolas. Teresina/Piauí (agosto de 2005). • Intervenção no I Fórum Franco-Brasileiro da Sociedade Civil, apresentando o “Manual Pedagógico Entender para Intervir, por uma educação para o consumo responsável e comércio justo”, em Paris, FR (11 de julho de 2005); • Palestra na Mostra de Cinema “Autre Bresil”, na sede da Autre Bresil, Paris, FR.(julho de 2005); • Palestra: “Consumo insustentável: um problema econômico e social” no II Seminário Internacional de Responsabilidade Social – Capital Social, Ética e Desenvolvimento Sustentável” – FIEMG, Belo Horizonte (13/05/2005). • Oficina: “O Consumo Responsável em suas três vertentes – ecológico, solidário e ético” no VII Encontro de Economia Alternativa e Solidária, organizado por IDEAS – Cooperativa Espanhola de Comércio Justo. Córdoba/ Espanha, (14 de maio de 2005). • Palestra “A relação dos movimentos sociais com a responsabilidade do consumidor”, no 1ª Seminário do Observatório Social das Relações de Consumo” – PROCON-SP, Franca (14/03/2005); • Oficina: “Educação para o Consumo Responsável, Comércio Justo e Economia Solidária: caminhos e estratégias comuns” no V Fórum Social Mundial, Porto Alegre (27/01/2005); • Oficina: “Comércio Justo sob a ótica do Consumo Responsável” na I Reunião do Comércio Ético e Solidário do Estado do Piauí, Teresina (11/12/2004); • Oficina: “Comércio Justo como estratégia de empoderamento de produtores e produtoras” na 3ª EXPO Brasil Desenvolvimento, Olinda (24/11/2004); • Palestra: “Educação para o consumo responsável e Comércio Justo” no V Seminário Internacional de Comércio Ético e Solidário, Manaus (27/08/2004); • Palestra “A educação para o Consumo Responsável” no I Seminário de Economia Solidária, URBIS, São Paulo (julho/2005); • Palestra: “A educação para o Consumo Responsável” na II Reunião da Rede Brasileira de Socioeconomia Solidária, Guarapari (14/05/2004). •Palestra “Consumo responsável e Qualidade de Vida” na SIPAT da Faculdade SENAC, São Paulo (22/11/2003); • Oficina “Labirinto da Contemporaneidade” na Federação Artisans du Monde – Paris (18/11/2003); • Participação na oficina “Consumo Ético” promovida pela Federação Artisans du Monde no II FSE – Fórum Social Europeu – Paris (15/11/2003); • Oficina “Consumo responsável” realizada na 22ª Semana Gandhi promovida pela Associação palas Athena e CEPEUSP – São Paulo, (11/10/2003); • Oficina: “Consumo responsável” – realizada no II EEEA – Encontro estadual de Educadores Ambientais – Rio Claro (25/07/2003); • Oficina: “Consumo Responsável – Uma ferramenta de intervenção” – realizado no III Fórum Social Mundial – Porto Alegre (26/01/2003); • Palestra “Consumo Responsável e Violência” na FAU – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo / USP; • Mini-curso “Consumo Responsável como ferramenta pedagógica” realizado no Congresso Saber 2002, organizado pelo SIEEESP – Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (21/09/2002); • Mini-curso “Resíduos Sólidos: Problema ou Solução?” e “Consumo Responsável – Uma visão Ética e Responsável”, ambos realizados no Projeto Agenda 21 – Capacitação de Agentes Ambientais, desenvolvido pela Fundação CSN e Prefeitura Municipal de Volta Redonda (16/07/2002 e 25/07/2002); •Seminários, Palestras e cursos sobre “Responsabilidade Social Empresarial”, “Educação Ambiental”, “Legislação Ambiental”, “Política Nacional de Resíduos Sólidos” e “Consumo responsável” na Mission – Desenvolvimento Profissional (2001 a 2003); •Palestra “Educação Ambiental – Uma ferramenta de Intervenção” no I Simpósio de Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável da Costa Oeste do Paraná, desenvolvido pela Universidade Federal do Paraná – UFPR – Campus Palotina (21/10/2001); •Palestra “Educação Ambiental para o Consumo Responsável” na 9ª Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisadores Nikkeis – SBPN (18/08/2001); •Participação do corpo docente do curso “Valores que não tem preço” na Associação Palas Athena – UNESCO (desde 2000); •Curso “Resíduos Sólidos e Reaproveitamento de materiais” realizado na unidade do CECCO Bacuri – Secretaria Municipal de Saúde da PMSP (11/07/2001 a 26/07/2001); •Mini-curso “Educação Ambiental” na I Semana de Biologia do Centro Universitário Adventista (06/11/2000);