Plataforma de Agricultura Orgânica cria agenda para impulsionar ações em 2014

Plataforma de Agricultura Orgânica cria agenda para impulsionar ações em 2014

PDF | Imprimir | E-mail

As mais de 30 organizações e movimentos da sociedade civil que compõem a Plataforma de Apoio à Agricultura Orgânica na Cidade de São Paulo ganham novo impulso com a articulação de novos grupos da cidade e prometem fortalecer a alimentação saudável na cidade. Os representantes da Plataforma se encontraram no último dia 9 de fevereiro na sede da Associação de Agricultura Orgânica (AAO) para realização do planejamento estratégico do grupo, e descobriram que podem atrair e envolver mais de 80 entidades aliadas à causa dos orgânicos em São Paulo.

A AHPCE (Associação Holística de Participação Comunitária e Ecológica) é participante ativa deste processo, desde sua criação em 2013 para comprometer os candidatos à Prefeitura e Câmara Municipal com as políticas públicas para a agricultura orgânica, e investe ainda na FrenteParlamentar em Defesa da Produção Orgânica e Desenvolvimento da Agroecologia no Estado de São Paulo. “O planejamento em torno da Plataforma mostra que estamos em crescimento, formando um organismo maior e mais amplo com a participação de novos grupos”, conta a fundadora da AHPCE e liderança na área, Ondalva Serrano. Além de uma maior união entre as reivindicações da Plataforma e do MUDA-SP (Movimento Urbano de Agroecologia de São Paulo), foram estabelecidas cinco prioridades de ação para a agricultura orgânica em 2014 no município: ações de políticas públicas, comunicação, mobilização e capacitação, ações de captação de recurso e a estruturação da biblioteca Ana Primavesi, que ainda não dispõe de um local adequado. FONTE:  Associação Holística de Participação Comunitária Ecológica http://www.ahpce.org.br/newsite/index.php?option=com_content&view=article&id=243:plataforma-de-agricultura-organica-cria-agenda-para-impulsionar-acoes-em-2014&catid=4:noticias&Itemid=16

Semana da Agroecologia na Cidade de São Paulo

Semana da Agroecologia na Cidade de São Paulo

A viabilidade de incluir orgânicos nas mais de um milhão de refeições da merenda escolar em São Paulo, ou como o Plano de Metas e o Plano Diretor devem acolher as reivindicações do movimento agroecológico do município, estão entre os temas que foram debatidos na Semana de Agroecologia, na Câmara dos Vereadores de São Paulo, entre 21 e 24 de maio. O evento teve como objetivo divulgar a Plataforma de Agricultura Orgânica da Cidade de São Paulo, conquistando apoio dos parlamentares e órgãos públicos, mobilizando a sociedade civil e articulando a construção de políticas públicas para a agricultura orgânica. As instituições organizadoras, Associação de Agricultura Orgânica (AAO), Instituto 5 Elementos – Educação para a Sustentabilidade e Instituto Kairós – Ética e Atuação Responsável, contaram com o apoio da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade da Câmara, e de mais 20 ONGs e movimentos da sociedade civil que assinam a Plataforma. Aqui você acessa o conteúdo completo dos debates, apresentações, e imagens do evento.

Leia, nos links abaixo, matérias sobre todas as mesas e oficinas que ocorreram durante a Semana da Agroecologia.

Vídeo da íntegra do evento no portal da Câmara de SP.

Fonte: http://www.5elementos.org.br/site/index.php/programas/programa-cidades-sustentaveis/semana-da-agroecologia-na-cidade-de-sao-paulo/