Município de Jundiaí/UGE/DAN – Termo de Colaboração 29/2018

Justificativa do projeto desenvolvido através do TC 29/2018

Questões sobre carência nutricional da alimentação infantil vêm sendo discutidas nas esferas públicas e privadas amplamente devido ao consumo em excesso de alimentos de baixo valor nutricional, em contraste com altas concentrações de substâncias que contribuem para o aumento de problemas crônicos de saúde na população como obesidade, pressão alta, diabetes entre outras. O Município de Jundiaí de modo exemplar, através da produção orgânica de hortaliças destinadas a alimentação escolar, entre outras ações, uma maneira de reverter esse quadro. Este projeto visa colaborar no sentido de aumentar o valor nutricional da alimentação escolar oferecida aos alunos da rede pública inserindo as plantas alimentícias não convencionais – PANC.

OBJETIVOS DO PROJETO

  1. Introduzir o cultivo de PANC na horta Municipal Vale Verde, e nas escolas tendo a variedade de 20 espécies;
  2. Implantar viveiro de propagação e multiplicação de PANC na Horta Municipal Vale Verde;
  3. Capacitar nutricionistas e cozinheiras em relação ao uso e preparo das PANC;
  4. Implantar hortas pedagógicas nas escolas-modelo;
  5. Capacitação nas escolas da rede que possuem horta para educação ambiental, cultivo e uso de PANC;

Informações públicas a título de transparência

Objeto da parceriaMediante conjugação de esforços mútuos, firmar parceria para execução do projeto de implantação de hortas pedagógicas e agroecológicas com o cultivo de Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) com inserção de formação de professores e cozinheiros. 
Valor total previsto na parceria233.920,00 (2018-2019)
233.920,00 (2019-2020)
Valores efetivamente liberadosTermo de colaboração 29/2018 – 233.920,00
Primeiro aditamento – em curso
Data de início e término da parceriaTermo de colaboração 29/2018 – vigência de 30/11/2018 a 29/11/2019.
Primeiro aditamento – vigência de 30/11/2019 a 29/11/2020.
Termo de Colaboração 29/2018 e Plano de Trabalho link para acesso
Termo aditivo
Plano de trabalho do termo aditivo
Valor total de remuneração da equipe de trabalho mensal: R$ 14.800,00 (2018-2019)
mensal: R$ 16.220,00 (2019-2020)
Funções que desempenham os integrantes da equipe (2019-2020)Guilherme Reis – coordenação técnica
Daniel Filardi – coordenação técnica
Regiane Nigro – gestão financeira
Funções que desempenham os integrantes da equipe (2019-2020)Guilherme Reis – coordenação técnica
Mariana Tranchesi – assistência de campo e formações
Regiane Nigro – gestão financeira
Ana Flávia B. Badue – assistência pedagógica
Lilsta de prestadores de serviço PF e PJ
Remuneração de dirigentesNão há remuneração de dirigentes do Instituto Kairós por esta parceria
Remuneração da equipe (2018 – 2019)Guilherme Reis – R$ 5.900,00 mensais
Daniel Filardi – R$ 5.900,00 mensais
Regiane Nigro – R$ 3.000,00 mensais
Remuneração da equipe (2019 – 2020)Guilherme Reis – R$ 5.900,00
Mariana Tranchesi – R$ 4.320,00
Regiane Nigro – R$ 3.500,00
Ana Flávia B. Badue – R$ 2.500,00
Regulamento de compras e contratação de pessoalO Instituto Kairós obriga-se a realizar 3 orçamentos de compras acima de 10.000,00, sendo levados em consideração critérios técnicos, serviço de entrega e disponibilidade.
Para contratação de pessoal, o Instituto Kairós promove busca ativa de profissionais por critérios técnicos, com capacidade de desenvolvimento dos temas abordados em suas parcerias tanto em termos teóricos quanto práticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*